Saiba lidar com adversidades em situações de condução perigosas

Aquaplanagem, estradas com neblina e tempestades são apenas algumas das condições que você pode ter que enfrentar quando estiver dirigindo — e você precisa estar preparado.

Por mais experiente que você seja atrás do volante, é sempre bom lembrar que todo condutor está sujeito a intempéries e imprevistos, tanto em relação ao clima quanto às condições das estradas percorridas. Nessas situações, você deve estar preparado para tomar decisões rápidas e eficientes, pois um segundo de desatenção pode custar muito caro. E, é claro, todas as dicas do mundo são úteis nesses momentos!

Neste artigo, aprenda tudo sobre condições extremas que você pode vir a enfrentar e saiba lidar com adversidades em situações de condução perigosas. 

Boa leitura! 

O que e quais são situações de condução perigosas?

Chamamos de condições ideais de uso tudo aquilo que faz com que os pneus rodem em perfeito funcionamento, mantendo o estado físico conservado e sem defeitos. Nessa linha de raciocínio, um condutor dirigindo um veículo numa estrada plana, lisa, num tempo relativamente seco, à temperatura e velocidade razoáveis, com pneus preservados e de qualidade, estaria em condições ideais de uso. 

Em contrapartida, situações de condução perigosas são aquelas que, de maneira imprevista e inesperada, colocam em risco a integridade física do condutor e dos que viajam consigo, podendo até causar acidentes. Nesse sentido, podem ser abordadas questões relacionadas à iluminação, clima, estados das vias, trânsito, veículo e ao próprio condutor.

Saiba lidar com adversidades em situações de condução perigosas

Quando o assunto é condições adversas na pista, a lista pode ser interminável. Este artigo ficaria longo demais se fôssemos citar todas elas, mas tentamos reunir as principais para que você saiba lidar com adversidades em situações de condução perigosas. 

Aquaplanagem

A primeira coisa a se fazer é manter a calma! O nervosismo e o desespero só vão piorar a situação. Quando sentir que perdeu o controle do carro, você deve retirar imediatamente o pé do acelerador e não deve, jamais, pisar no freio de forma brusca. Segure firmemente o volante e mantenha as rodas do veículo retas, e se perceber que os pneus estão novamente em contato com o solo, gire o volante delicadamente para se certificar de que o veículo recuperou a aderência. 

Estradas sinuosas

A regra mais importante a se seguir ao dirigir em estradas sinuosas é evitar velocidades excessivas. Fique atento também aos sinais de trânsito, uma vez que existem placas alertando sobre a aproximação de curvas e sobre o limite de velocidade recomendado. Além disso, você pode tentar girar o volante o mínimo possível, posicionando-se no lado oposto ao da curva: por exemplo, se a curva é para a direita, posicione o veículo no lado esquerdo da pista — isso resulta numa curva mais “aberta” e segura. 

Derrapagem

Em caso de derrapagem, reduza a velocidade retirando os pés do acelerador e do freio e mantenha as mãos firmes sobre o volante, sem fazer movimentos bruscos, até recuperar o controle do carro. 

Neblina

Reduzir a velocidade é o primeiro passo para agir com segurança em estradas com neblina. Em seguida, aumente o máximo possível a distância entre o seu carro e o carro da frente — assim, se você precisar frear, terá mais tempo e mais espaço para reagir sem resultar numa colisão. Acione os faróis de neblina ou o farol baixo, mas nunca, em hipótese alguma, utilize farol alto. Além disso, redobre a atenção em tudo ao seu redor: mantenha os olhos na pista e não se preocupe com o que está acontecendo dentro do carro (lembre-se que quem está viajando com você também tem sua parcela de responsabilidade em situações de condução perigosas, então a colaboração de todos é essencial). 

Ofuscamento

Tão prejudicial quanto a escuridão, o excesso de luz solar pode causar inúmeros problemas ao condutor de um veículo que não está preparado para enfrentar situações de ofuscamento. Em primeiro lugar, o uso de óculos de sol e do para-sol (equipamento fundamental no carro) é uma excelente maneira de agir com segurança nessas condições. Além disso, mantenha o trajeto do veículo, reduza a velocidade gradativamente e, se possível, faça paradas regulares para descansar a vista. É importante também não utilizar farol alto e manter o vidro do para-brisa sempre limpo. 

Penumbra

Estradas com baixa visibilidade também se enquadram em situações de condução perigosas, de forma que você deve saber como proceder: certifique-se de que todas as luzes do veículo estão em perfeito funcionamento, em seguida ligue o farol baixo (não use o farol alto!), dirija à uma velocidade inferior daquela que você utiliza quando a visibilidade na pista está boa, redobre a atenção e aumente a distância do seu carro com os carros da frente. 

Tempestade com granizo

Além de todas as recomendações básicas sobre dirigir na chuva, como reduzir a velocidade, manter distância do carro da frente, ligar o farol baixo, se atentar aos riscos de aquaplanagem e evitar realizar ultrapassagens, o motorista deve também saber como agir em meio a tempestades de granizo. Lembre-se que o granizo nada mais é do que gelo, que pode danificar seriamente a lataria, a pintura e os vidros do carro a depender da força da queda. Por isso, nessas situações, procure um abrigo seguro sempre que possível e espere a tempestade passar. 

Neve

Depois de retirar o excesso de neve dos para-brisas e da lataria do carro, você deve manter os faróis sempre acesos e ficar a uma distância segura dos carros da frente, pois a frenagem é prejudicada em pistas escorregadias devido à neve. Além disso, dirija a uma velocidade reduzida e tome cuidado ao realizar ultrapassagens, principalmente em regiões onde a neve estiver escurecida, pois elas ficam ainda mais lisas.  

Fumaça

Mantenha a calma! Embora o ditado “onde há fumaça, há fogo” geralmente esteja correto, nem sempre você estará em perigo real. No entanto, dirigir em pistas com fumaça também são consideradas situações de condução perigosas devido à baixa visibilidade, por isso, feche as janelas do carro, diminua a velocidade, use o farol baixo e nunca pare ou estacione diante da fumaça ou no meio dela. 

Deslizamento

Você não deve tentar atravessar regiões atingidas por deslizamentos! O recomendado é estacionar o carro a uma distância segura e sinalizar o ocorrido a outros motoristas para garantir que ninguém mais se aproxime do local, pois o processo de deslizamento pode continuar ocorrendo por tempo indeterminado. 

Trechos escorregadios devido a derramamento de substâncias

De certa forma, trechos escorregadios devido a derramamento de substâncias, como óleo, por exemplo, se assemelham a situações de aquaplanagem, uma vez que o óleo preenche os sulcos dos pneus, fazendo com que eles percam o atrito contra o solo mesmo depois de o trecho ter ficado para trás. Assim, evite frear bruscamente, diminua as marchas e não gire o volante até perceber que retomou o controle do veículo. 

Animais na via

Ao avistar animais na via, nenhum cuidado é exagero! Primeiramente, reduza a velocidade para evitar uma colisão e de forma alguma buzine ou jogue a luz do farol sobre o animal, pois isso pode assustá-lo e resultar num acidente. Para sua segurança, feche as janelas do veículo, principalmente se o animal for de grande porte, e se for realizar uma ultrapassagem, opte por fazê-lo sempre por trás dos bichos. Além disso, sinalizar o ocorrido aos outros motoristas também é uma ótima ideia. Você pode ligar para a Polícia Militar Rodoviária e comunicar o fato no número 190. 

Pronto! Agora você já sabe como lidar com adversidades em situações de condução perigosas e está preparado para enfrentar qualquer perigo que surgir em seu caminho. No blog da Delinte você encontra outras dicas para motoristas conscientes, além de novidades e notícias sobre o ramo automotivo. 

Seja qual for o seu destino, a Delinte te leva mais longe!

Está gostando da leitura?

Inscreva-se na nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos

Ao submeter este formulário, você concorda com nossos termos de uso e declara que leu nossa política de privacidade. Você poderá se desinscrever a qualquer momento.
newsletter

Inscreva-se para receber as últimas atualizações

Assine a newsletter e não perca nenhuma postagem.

Ao submeter este formulário, você concorda com nossos termos de uso e declara que leu nossa política de privacidade. Você poderá se desinscrever a qualquer momento.
plugins premium WordPress

Dados enviados com sucesso!